viet_feature_image_2

3 years ago | posted by Angelica Pratolini

Category: Destaques, Sucesso

Tag: Campaign, Country

Do Vietnam, Tuan H. conquista o mundo

Os vendedores vietnamitas são uma das maiores e mais importantes comunidades na Teezily, quiçá no mundo em geral. Hoje temos a oportunidade de falar com Tuan H., um jovem "marketer" do Vietnam, cuja vida mudou radicalmente desde que se uniu ao negócio de camisetas. Além de contar sua aventura dentro do mundo das camisetas, Tuan H. também compartilhou algumas de suas dificuldades e deu conselhos interessantes para os novatos.

Conte-nos um pouco mais sobre você. De onde você é? Onde vive?

Tuan. H: Me chamo Tuan. Sou um jovem que vive e trabalha em Hanói, capital do Vietnam.

O que você fazia antes de entrer no negócio das camisetas?

Tuan. H: Antes de começar com as camisetas, em maio de 2014, eu trabalhava como agente de marketing em um centro de inglês para estudantes.

Como descobriu o negócio de camisetas e como conseguiu ter êxito?

Tuan, H: Comecei com as camisetas ao acaso. No final de 2014, encontrei por acaso o vídeo de um estrangeiro mostrando um curso sobre anúncios de Facebook. O que mais me impressionou no vídeo foi a parte que falava que uma campanha de camisetas alcançou um ROI de 200-500% usando anúncios de Facebook. Antes disso eu tinha conhecimentos básicos sobre MMO, Make money online (fazer dinheiro pela internet), dessa forma soube imediatamente que era uma grande oportunidade e tinha que aproveitá-la.

Para conhecer o negócio, tive que aprender do zero, já que era completamente novo para mim. Eu jamais tinha criado um anúncio Facebook. Depois, juntei-me a alguns grupos de Facebook sobre venda de camisetas para aprender com os veteranos. Além disso, investi mil dólares em um curso online de um dos melhores vendedores do Facebook no momento, apesar de ter somente 2.500 dólares de capital, a maioria emprestado. Comecei com o hábito de anotar todos os conselhos e experiências que aprendia cada dia para usá-los depois.

As lições mais importantes são de minha própria experiência buscando ideias de camisetas para mim mesmo, criando campanhas, cometendo erros e aprendendo a partir deles. Disse a mim mesmo que tinha que seguir lutando e jamais desistir.

Soube imediatamente que o negócio de camisetas era uma grande oportunidade que eu teria que aproveitar.
Eu disse a mim mesmo que tinha que seguir lutando e jamais desistir.

Você começou a vender camisetas com Teezily pouco depois do lançamento de nossa plataforma e tornou-se um de nossos primeiros Zilers. Quando e por quê você começou a vender camisetas e o que te trouxe a Teezily?

Tuan. H:  Como disse anteriormente, conheci o negócio das camisetas em abril de 2014 e comecei a vender em maio de 2014. Me dei conta que era uma grande oportunidade de fazer dinheiro e criar produtos interessantes para os clientes. Me pareceu um trabalho muito envolvente e criativo, já que está relacionado com Marketing.

Comecei a lançar camapnhas na Teezily em meados de junho de 2014. Nesse momento, não estava dando muito certo vender nos EUA, o que me deu uma ideia: todos os vendedores se concentram no mercado estadunidense, criando forte concorrência. Porque não tentar no mercado europeu, pelo menos no britânico, que fala inglês? Depois de investigar, soube que haviam duas principais plataformas de camisetas na Europa. No final, escolhi a Teezily já que possuía uma bonita interface fácil de utilizar, ferramentas potentes de análise e várias outras ferramentas interessantes.

Os vendedores vietnamitas são uma das maiores e mais fortes comunidades no marketing de camisetas, criando e vendendo em todo o mundo em várias línguas. Quais são as dificuldades para os vendedores vietnamitas em plataformas internacionais e como as superou?

Tuan. H: Na minha opinião, os vendedores vietnamitas são muito dinâmicos e criativos. Tenho muitos amigos que estão se dando bem com o negócio de camisetas. Percebi que os vietnamitas têm dois inconvenientes principais para vender no mercado internacional.

O primeiro é o idioma. Por exemplo, para vender nos EUA, se não tem algum nível de inglês, você não é capaz de seguir os passos básicos deste trabalho: busca de ideias, escolher o texto apropriado, criar os anúncios... Eu mesmo vi muitos erros gramaticais e de ortografia por parte de vendedores vietnamitas.

Para superar a barreira da linguagem, acho que a melhores maneira é aprender e praticar o inglês o máximo possível. Invista seu tempo, dinheiro e esforço e não se arrependerá, já que não apenas ajuda a vender camisetas, mas também te ajuda em outros aspectos da vida. Quando vende na Europa, se você fala inglês, pode pedir ajuda a Teezily para traduzir qualquer coisa.

O segundo inconveniente é a diferença cultural. Para entender melhor o mercado local, especialmente quando tem uma ideia de um novo nicho, é preciso investigar essa nova ideia e verificar se ela encaixa na cultura do mercado em questão. Por exemplo, a palavra "Mom" funciona em um design nos Estados Unidos, mas no Reino Unido se escreve "Mum". A longo prazo, é preciso estudar seu nicho regularmente, interagir com seus clientes e saber mais sobre seus interesses.

Como sua vida mudou nos últimos 2 anos e qual foi a coisa mais memorável que fez com o lucro que obteve?

Tuan. H: Ter participado no negócio de camisetas foi um dos pontos marcantes da minha vida, que mudou radicalmente nos últimos 2 anos. Encontrei o trabalho que gosto, gosto de tudo e o mais importante: me dá dinheiro. Agora posso ajudar minha família e outras pessoas.

A coisa mais memorável que fiz com os lucros da venda de camisetas foi comprar ao meu irmão mais novo uma moto nova, meu primeiro grande presente para ele. Não foi muito cara, mas foi muito significativo para mim e fez sua vida de estudante mais fácil.

TZ payouts

Tem conselhos para os novatos?

Tuan. H: Eu era um novato e agora me consideraria um profissional. Tenho 3 conselhos para os novatos:

+ Não se sobrecarregue lendo ou vendo muito material. Não precisa passar muito tempo nos grupos do Facebook de negócios de camisetas. Precisa apenas saber a base e depois começar. Cada vez que falhar, tente procurar os motivos e aprender com eles. Não ache que pode memorizar tudo.

+ Não fique o tempo todo se comparando com os outros. Cada dia que aprender algo novo, isso já é o bastante. Não seja invejoso ou perca a esperança. Os bons vendedores começaram como você.
A disciplina é o mais importante nesse trabalho

+ Último mas não menos importante, é preciso um estilo de trabalho sistemático: fixe em seu objetivo semanal/mensal e sua programação diária (não trabalhe somente quando der vontade). A disciplina é o mais importante nesse trabalho. Também tem que cuidar da sua saúde. Uma boa saúde significa que pode trabalhar melhor, ser mais criativo e sobretudo desfrutar melhor dos prazeres que te oferece o lucro das vendas.

Muito obrigado!

De nada. Foi um prazer.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *